Descubra a História da Linguiça de Bragança \\\\\

Segundo o historiador José Roberto Vasconcellos, uma italiana, de nome Palmira Boldrini, em 1911, iniciou a comercialização de uma linguiça, tipo caseira, feita de pernil de porco, que ficou conhecida na época como Linguiça da Dona Palmira de Bragança.

Nas décadas de 20 e 30, viajantes bragantinos levavam o produto para outras cidades sob encomenda ou para presentear os amigos. E a fama da linguiça cresceu. Bragança era um dos maiores centros de porqueiros do estado. Vendedores percorriam a região bragantina, com suas camionetas ou furgões, levando a linguiça da terra.

Dessa forma surgiu a famosa "Linguiça de Bragança", uma deliciosa tradição regional preservada nos dias atuais pelos amigos e filhos de Bragança - Durok, Maurão e Casa de Carnes Boi Branco.

Atualmente a receita exclusiva está à disposição dos paulistanos pelo Legítimo Chopp & Bar através dos produtos da Autêntica Linguiçaria de Bragança Paulista.